Polícia Civil prende suspeito por porte ilegal de armas de fogo no interior do Estado

Bpolicia_civilEncontra-se recolhido na carceragem da Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional, a disposição do Poder Judiciário, Marcelino Lopes da Silva, de 55 anos de idade. Ele é suspeito pela prática do crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, e foi preso por Policiais Civis da 3ª Delegacia de Porto, comandados pelo Delegado Dr. Hudson Guimarães Leite, no final da manhã desta terça-feira, 10 quando se encontrava na Avenida Pedro Ludovico, no centro do município de Silvanópolis.

Conforme informações do Delegado, a PC recebeu informações de que um grupo de ciganos estaria em Silvanópolis, portando armas de grosso calibre e intimidando moradores. Com base nestas informações, uma equipe da Polícia Civil deslocou-se até a cidade onde passou a diligenciar na tentativa de encontrar os indivíduos.

Após alguns minutos de buscas, os Policiais foram surpreendidos pela aproximação de um veículo, modelo saveiro, de cor vermelha, no qual se encontravam vários homens que se encaixavam perfeitamente nas descrições do suspeitos. De imediato, os agentes efetuaram a abordagem do carro, capturando Marcelino o qual estava de posse de duas armas de fogo, sendo uma pistola calibre 45 com onze munições intactas, além de um revólver calibre 357, também municiado com 06 cartuchos intactos.

Durante a abordagem, os Policiais Civis solicitaram apoio da Polícia Militar, no entanto os demais ocupantes do veículo conseguiram fugir. Marcelino foi conduzido à Central de Flagrantes de Porto Nacional para a realização dos procedimentos cabíveis. Ainda segundo o delegado, às investigações serão intensificadas, uma vez que existe a suspeita de que Marcelino, juntamente com os demais indivíduos, teria decepado a orelha de um desafeto, durante o período de carnaval, em Silvanópolis.